5 de mai de 2006

Minhas renúncias pra vir pros EUA

Hoje ao escrever um email pro Ju, um amigo q está pensando em vir pra cá, e explicar pra ele que na verdade não acredito que ele venha, lembrei de qdo eu estava no Brasil e tive que decidir de uma vez por todas se queria vir mesmo pra cá, e deixar tudo pra trás, ou não. Minha vida estava assim antes da decisão final:

Professora do Pré-primário
Fui deixando as coisas rolarem, paguei a inscrição da agência pra ser Au Pair, preenchi os papéis, e esperei pra ver se apareciam famílias compatíveis. Enquanto isso o resultado de um concurso, da Prefeitura do Taboão da Serra, que eu fiz pra ser professora de Educação Infantil saiu. E adivinha?! Passei em sétimo! Benção! Lá fui eu dar aula pro Pré-primário. Mas o sonho de ir pros EUA naum foi esquecido.

Oportunidade de fazer facul
Pouco tempo depois de ter começado a dar aulas sai o resultado da UNESP. Havia prestado pra fazer Letras em Assis, e passei na lista de espera em vigésimo-primeiro. O Rô, amigo q fazia Math na UNESP e hj transferiu pra USP (fera né?! rs), me aconselhou a ir em Assis pra me inscrever, ele tb havia passado na lista de espera, mas em décimo-quarto e disse que eu tinha chances de entrar. Mas pra fazer facul em Assis eu teria que largar o emprego concursada. Sabia que não seria fácil achar trabalho lá, pelo menos não tão bom qto o q eu tinha, e ainda teria gastos com aluguel e comida...Teria que depender dos meus pais financeiramente, e essa era a última coisa que eu queria. Deixei a facul pra mais tarde!

Hora da decisão
Mergulhei no trabalho. Ser educadora é um desafio diário. Mas eu AMAVA! Minha mãe aguentava minhas dúvidas, reclamações, choros...ela me ajudou muito! Em Abril, quando eu tinha aprendido a controlar minha sala, montado um planejamento e estava comecando a colher frutos (alunos desenvolvendo leitura e escrita), uma família americana se interessa por mim como babá. Me ligaram, trocamos emails... "So, is May good for you?!" eles perguntaram. Momento de decisão. E agora vou?
As pessoas começaram finalmente a levar a sério meu sonho de ir pros EUA. E não faltou opinião! "Ouvi falar q essas agencias sao uma farsa, as meninas vão pra serem prostitutas." "Eu se fosse mãe dela jamais deixaria, é loucura!" "Fulana foi e engravidou." "Ciclana foi e voltou doidona." "Nova York é cheio de drogado, maluco." Cada dia meus pais vinham com uma história nova. Se fosse positiva, o q era raro, eles ficavam entusiasmados, mas a maioria das vezes eles estavam com a pulga atrás da orelha. Fui indo devagar, tirei o passaporte, depois o visto, paguei a agência. Tudo sozinha. Meus pais e amigos estavam esperando pra ver o q acontecia.

Conversa séria com meus pais
Naum lembro exatamente qdo, mas certo dia, talvez pouco antes de tirar o visto, meus pais aproveitaram o meu tempinho de cafe-da-manha pra uma conversa seria. Eles queriam ter certeza de que eu sabia o que estava fazendo e talvez tentar mudar algumas ideias que eu tinha.
-Giselle, filha, vc sabe o q esta fazendo? Vc esta jogando fora um emprego concursado, que vc pode ter pro resto da vida, esta trocando uma coisa segura por algo incerto. Eh isso mesmo q vc quer fazer?
-Eu sei mae. Eu sempre quis ir pros EUA, eu falo isso pra vc desde que comecei o ingles e juntei dinheiro e tudo mais. Eu vou ter que largar o emprego.
_Filha e se vc esperasse mais dois anos? Com dois anos de trabalho vc pode pedir licensa e o emprego fica garantido.
-Mae vc naum quer que eu va? Vcs estao contra?
_Naum eh que estejamos contra filha, mas e se vc for e naum for nada disso q vc ta pensando? Naum fica pensando que vc vai so passear, juntar dinheiro e estudar, vc esta indo pra trabalhar filha, sera responsavel por duas criancas. E pode ser que naum de certo, vc pode chegar la e naum se adaptar com a familia ou a temperatura. Dai vc vai ter que voltar pra ca filha desempregada.
-Mae eu faco outro concurso. Tem concurso todo ano praticamente, mas uma oportunidade dessa eh unica. Ja estava nos meus planos ir pros EUA esse ano. Ser professora esse ano naum estava nos meus planos mae, aconteceu.
-Filha esse emprego foi uma bencao de Deus na sua vida. Qtas meninas da sua sala sairam do Magisterio e ja estao trabalhando como vc? Pouquissimas Gi. Eu, se tivesse comecado minha carreira como professora na sua idade, ja estava com um salario bem melhor agora, ou ate aposentada filha.
Meu pai so concordava.
-Mae eu sei disso tudo. Mas eu quero arriscar mae. Se eu naum for agora eu vou ficar pensando o tempo todo como seria se eu tivesse ido. E eu naum estudei 4 anos de ingles pra ficar pagando conversacao ou esquecer tudo q eu aprendi.
Minha mae derrotava todos os meus argumentos.
-Vc so precisa de conversacao ate vc comecar a faculdade, pq Letras tem ingles suficiente. Eu pago pra voce filha.
-Naum eh so isso mae, eu preciso saber como eu sou sem voces. Preciso amadurecer, tomar minhas decisoes, aprender errando.
-Nos podemos procurar um lugar pra alugar onde vc possa morar filha. Naum tem problema. Filha vc ta nova, tem mil e uma oportunidades pela frente. Ir pra outro pais agora filha...eh frio la, vc fica doente facil, se sua bronquite ataca la filha...E Deus me livre acontece alguma coisa com os meninos q vc vai cuidar, e ai? Nos vamos estar muito longe pra te socorrer.
Comecei a chorar.
-Eu quero ir mae, eu sei disso tudo, mas eu quero ir. Vc naum entende...Parece que esta contra mim! Eu sei que tem todos esses riscos, sei que pode dar tudo errado e eu volto sem dinheiro, sem emprego, sem experiencia...mas e se der certo mae? Eu quero tentar mae...por favor...
-Filha, eu naum vou te impedir de nada, vc sabe disso. Naum estou contra voce filha. So queremos o melhor pra voce.
Chorava mais.
-Nos estamos falando isso pra que vc entenda no que esta se metendo, as consequencias que vc vai ter. Mas se mesmo assim vc quiser ir...
-Quero ir mae. Pelo menos de aviao eu vou andar. - falei rindo e chorando
Minha mae riu.
-Essa a unica garantia q temos! Ta claro ne?
-Ta.
-Nos amamos voce filha.
-Tambem amo voces.
Abraco e fui lavar o rosto.

Pois é aqui estou eu!!!! rs O difícil agora é renunciar de novo e largar minha vida aqui pra voltar pro Brasil. Eta dilema!

9 comentários:

  1. fala serioooooo
    no melhor da historia?? volto ja?

    ResponderExcluir
  2. aqui esta e daqui nao sai mais!! eu agarro no seu pe..e nao largo!!

    ResponderExcluir
  3. by the way...seu orkut ta bombando...cada babado meninaaa

    ResponderExcluir
  4. Olaa, to passando por aqui só pra deixar um oi, ja que nem sempre nos falamos né !
    Gii, saudades de vc menina !!

    Beijão

    ResponderExcluir
  5. oi gi , eu to te devendo uma visita faz moh tempo...Mas eh que eu tava sem pc...
    Intaum,.... meu vito pro Canadá foi negado acredita... fiquei moh mal por que eu jah havia pago escola e perdi mas ou menos 1000 reais com todos os gastos q tive...
    MAs eu jah sabia que meu coração poderia fazer planos, mas a resposta final viria da boca de Deus...
    Intaum coninuo no ingles aki no Brasil e no banco... O motivo danegativa foi que eles acham q eu nao voltaria pra cá depois do meu periodo de estudos...
    Agora tô na maior duvida se continuo na minha escola de inles, ou se eu pago um professor gringo particular... sei lah .. o que vc acha?!??!
    bom Gi, mas falando sobre vc...
    Qro dizer q vc me inspira moça, que eu te acho o maximo.. ja cansei de falar que eu gostaria muito de estar mais perto, mas eh isso aí, mesmo na distancia eu tenho uma amiga e isso me alegra!
    quro dizer q vc pode abusar do e-mail e se quiser o meu tel nao fique com vergonha...
    bom agora que eu estou digitalmente incluso rsss vou sempre passar aki
    bjao
    re

    ResponderExcluir
  6. Oi Lindona!
    To com mtas saudades de vc!
    Bjaoooo

    ResponderExcluir
  7. e ai maninha!!

    caramba nem eu sabia dessa historia!!

    e ai como tu tah??

    tah chegando seu niver heim vai ter festa???

    me manda o convite pra eu ir ai bele!! =P

    bjaum gi te amo!!

    ResponderExcluir
  8. Menina..tem alguem de Sao Paulo batendo ponto no meu blog TODO DIA...ninguem merece esses paulistas...hunf!
    hauahuhauha
    Bjss

    ResponderExcluir
  9. ahhh...e ve se tira esse word check, eh um saco!!!

    ResponderExcluir