5 de mai de 2008

Congresso JAMP 2008

Aconteceu e foi BENÇÃO!

Nosso tema: GERAÇÃO ATITUDE - "Esses que tem causado alvoroço em todo o mundo chegaram até aqui" Atos 17:6b


Fomos desafiados a fazer a diferença nessa geração. No primeiro dia aprendemos que Satanás vai tentar nos impedir de três maneiras: apresentando alternativas falsas, através do nosso egoísmo e ambição. O que ficou no meu coração foi o desafio de mais do que buscar à Deus na igreja temos que alcançar almas pra Jesus onde formos. Nossas amizades com pessoas não Cristãs tem que ser fundamentada num interesse: ganhá-las pra Jesus. Não podemos nos deixar influenciar pelos amigos que não conhecem a Jesus mas sim apresentar à eles a verdade que transforma vidas: Jesus, o Salvador.

Gostei muito do testemunho do Pr. Fernando, no qual ele conta que na sua adolescência tocava no louvor da igreja e também no intervalo da escola. Ele gostava de uma menina da escola, porém amava ser o centro das atenções das outras meninas, e sabia que se tivesse uma namorada ela afastaria as outras meninas. Então, conversou com a menina e propôs que eles só ficassem de vez em quando. Mas Deus não gostou muito dessa idéia, e Deus falou ao seu coração que ele não podia brincar com Deus. O Pr. Fernando entendeu, e se arrependeu, terminou com a menina e fez um compromisso com Deus de nunca mais nem pegar na mão de nenhuma menina a não ser a que Deus escolheria pra ser sua esposa. Ele tinha 17 anos quando fez esse compromisso com Deus. E teve tentações pra cair, mas permaneceu fiel à Deus no seu compromisso de se guardar pra sua esposa. Um tempo depois ele conheceu a Vandréia e de cara soube que ela era a esposa que Deus havia separado pra ele. Eles oraram por três meses sem nem segurar as mãos, depois namoraram e casaram. Achei lindo!

E Deus confirmou mais uma vez no meu coração através do testemunho do Pr. Fernando, que minhas expectativas para um futuro namoro e casamento no centro da vontade Dele, não são fora desse mundo como às vezes penso. Mas sei que se quero o cara DEZ, preciso ser a garota DEZ! hehehe

No segundo dia aprendemos sobre como fazer a diferença: tem que ter caráter, compromisso com Deus e temor à Deus. O Pr. Fernando explicou que não adianta nada querer ganhar almas e fazer diferença se nossa vida não estiver em ordem com Deus. Ele deu exemplos de coisas pequenas, como tirar boas notas, arrumar a cama, respeitar os pais etc. Explicou que precisamos dar exemplo em tudo.

No Sábado de manhã liguei pra Evelyn e conversamos sobre o culto de Sexta. Sai meio triste comigo mesma porque o Pr. havia deixado claro que pra fazer a diferença temos que impactar vidas, ganhar almas pra Jesus, obedecer o "Ide". E ele perguntou: "Quantas pessoas vc ganhou pra Jesus nesse ano?" E eu não consegui me recordar de ninguém. As pessoas que testemunhei, ainda não aceitaram a Jesus. Mas a Evelyn me lembrou do versículo que diz que uns plantam, outros regam, e outros colhem, e que quando eu tivesse oportunidade de falar tenho que falar, mas só o fato de eu buscar diariamente glorificar a Deus em tudo, já estou pregando Jesus através da minha vida. Amiga sábia que eu tenho né?! rs

E Deus confirmou isso no Sábado quando o Pr. Fernando pregou exatamente sobre ser para poder fazer diferença: ser comprometido com Deus, ter o caráter de Jesus e temor à Deus. E sei que Deus tem trabalhado muito no meu ser, muito mes-mo. Entendi que assim como os pássaros glorificam à Deus construindo ninhos, voando, cantando, e o sol brilhando, a flor florescendo, do mesmo modo eu glorifico à Deus quando faço o que Ele me criou pra fazer: uso meus dons, talentos e qualidades pra glorificá-lo e demonstrar amor aos outros. Entendi que tenho que parar de olhar só para os meus defeitos, mas abusar das minhas qualidades, abusar mes-mo. Se gosto de ensinar, tenho que ensinar muiittooo, se gosto de escrever tenho que escrever muittooo, preciso me aperfeiçoar no que sou boa. Quero ser o melhor que conseguir ser no que gosto de fazer.

No último dia aprendemos sobre porque fazer a diferença: para ser o sal da terra. Analizando as características do sal entendemos que assim como o sal precisamos evitar o apodrecimento (do mundo) e dar sabor a tudo e todos ao nosso redor. O Pr. contou o testemunho de como ele perdeu 59 quilos com dieta e exercício físico e a operação milagrosa de Deus.

Enfim foi BENÇÃO! Muita coisa no meu coração! Mais fotos aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário