22 de mar de 2008

Celebrando a Páscoa

Toda Sexta-feira temos culto de jovens na igreja.
JAMP - Jovens e Adolescentes Ministrando com Propósito é o ministério de jovens do qual faço parte. Somos jovens brasileiros vivendo em Nova York, buscando viver uma vida que glorifique à Deus em tudo, para que outros vendo e sabendo do que Deus tem feito em nossas vidas entreguem sua vida à Jesus e creiam Nele.

Nessa Sexta-jovem tivemos um culto especial celebrando a Páscoa. Renovamos nosso compromisso com Deus relembrando do Seu amor por nós ao mandar Jesus pra morrer em nosso lugar.

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho único, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3:16)

"Porque Deus - o maior ser

amou - o maior sentimento

o mundo - o maior alcance

de tal maneira - a maior intensidade

que deu o seu filho único - o maior sacrifício

para que todo aquele que nele crê - a maior simplicidade

não pereça - o maior livramento

mas tenha a vida eterna." - a maior vitória


Meu coração está transbordando de alegria, inundado com as palavras desse versículo que mostra a grandiosidade de Deus. "O versículo das coisas GRANDES." - minha pastora disse.

O que seria de mim não fosse o amor de Deus? O amor de Deus é o que nos capacita pra vencer o pecado. Creio que são tantos os livramentos de Deus, que eu seria incapaz de imaginar a bagunça que seria minha vida não fosse o amor de Deus.

Não fosse o amor de Deus na vida dos meus pais, eles talvez teriam se separado.
Não fosse o amor de Deus na minha família, talvez tivéssemos perdido tudo que temos.

Não fosse o amor de Deus na vida da minha mãe, ela poderia ter falecido de câncer.

Não fosse o amor de Deus na vida do meu pai, ele talvez não teria conseguido recomeçar sua vida profissional.

Não fosse o amor de Deus na minha saúde, eu viveria carregando uma bombinha pra asma e seria incapaz de fazer muito esforço físico.

Não fosse o amor de Deus na vida do meu irmão, ele talvez não teria conseguido nem terminar o segundo grau.

Não fosse o amor de Deus na vida da minha irmã, ela talvez teria nascido morta.


Se estou onde estou, se cheguei aonde cheguei é porque até aqui o Senhor tem sido fiel. A Ele toda a honra, toda glória, só Ele é digno de ser louvado porque muito tem feito por mim e pela minha família. Obrigada PAI!

Nenhum comentário:

Postar um comentário